Estresse

stress-icons-noun-project-0.png
desvanecimento Cores

Um ASSASSINO Chamado ESTRESSE

Um ASSASSINO Chamado ESTRESSE

 

Este tema afeta várias fatias da roda da vida. O estresse é uma resposta adaptativa do organismo  e passa por três fases:

1.    Alarme

2.    Resistência

3.    Esgotamento

Quando o organismo se prepara para lidar com seus agressores, há alteração do sistema endócrino, cardiológico, nas reações emocionais e fisiológicas.

O estilo de vida atualmente tem preocupante “poder” e pode ser muito estressante, além disso, as vivências que tivemos influência na vulnerabilidade ao desenvolvimento do estresse,

Pesquisas mostram que quanto maior o grau do estresse, maior o dano causado.  Em termos de saúde, quanto maior o dano, maior é a quantidade de hormônios relacionados ao estresse no sangue (Hans Sayle).  Podem ocorrer prejuízos físicos e fisiológicos que inclusive podem ser irreversíveis e haver comprometimentos; cardiovascular, neurológico, endócrino, circulatórios, etc..

Quando o estresse é prolongado, a consequência é maior ainda, pois o sistema nervoso pode ser afetado, pode levar a morte das células cerebrais, afetar o sistema imunológico e o sistema cardiovascular gerando problemas cardíacos devido ao fato da distribuição de gordura no corpo acontecer de forma inadequada e que deposita nas artérias vai dificultar a circulação sanguínea. Ainda podem causar doença, estomacal e renal, além de esgotamento físico, dificuldades no sono e mudança nos hábitos de alimentação e obesidade.

O processamento mental diminui e a memória é afetada diretamente, por causa do dano no hipocampo que o estresse provoca. O hipocampo é uma parte do cérebro que se responsabiliza pela formação da memória, portanto a capacidade cognitiva vai ficar diminuída na presença do estresse. 

O corpo, diante dessa situação, desliga sistemas que não são considerados essenciais para sobrevivência e com isso as defesas do sistema imunológico são diretamente afetadas, tornando a pessoa vulnerável a diversas doenças. Assim como prejudica  as relações e produtividade laboral.

Como amenizar  os riscos do estresse?

·         Mudança no estilo de vida

·         Aprender como lidar com os desafios impostos e os auto impostos

·         Criar recursos para proteção do estresse

·         Buscar ajuda quando necessário para melhorar as relações sociais e pessoais.

·         Praticar atividade física regular e atividades que gerem prazer

·         Meditação

·         Atividade ao ar livre quando possível.

Todas essas práticas  são benéficas tanto na prevenção do estresse como também na sua redução.